Um alerta para quem usa óculos de sol pirata

30 de agosto de 2012 - Postado em: Saúde em Dia

 

Pela primeira vez longe dos pais, a inglesa Laura Musson, 17, foi passar férias na Espanha com uma amiga, mas precisou interrompê-las mais cedo em decorrência de um par de óculos de sol que custou 1 libra (R$ 3,16).

Laura e a amiga estavam usando óculos semelhantes e ambas sofreram reações alérgicas graves. Elas ficaram com o rosto inchado, assim como olhos e nariz. Laura ficou com a feição tão distorcida que nem mesmo seus pais a reconheceram.

Os médicos disseram que a causa mais provável da alergia foi o plástico usado nos óculos de sol baratos. A estudante lamenta o ocorrido “Era para ser uma viagem de comemoração das boas notas, mas fomos totalmente destruídas por um par de óculos de sol barato. Foi aterrorizante e parecia que tínhamos sido espancadas, sinceramente, pensei que iria morrer”.

A Itamaraty quer alertar você: nunca compre óculos de sol de camelôs. Apesar dos preços baixíssimos, a sua saúde pode estar em risco. Procure uma de nossas lojas e escolha o modelo de óculos que vai garantir beleza e saúde.

1 Comentário

Um alerta para quem usa óculos de sol pirata

Riscos de comprar óculos em camelô » Blog Ponto de Vista Itamaraty

Comentário do dia 17-06-2013 às 17:58:58

[...] Os óculos de camelô podem trazer sérios riscos à saúde dos olhos. Os danos causados por eles podem ser maiores do não usar óculos escuros.  As lentes dos óculos piratas não são capazes de impedir que a radiação UVA e UVB invadam os seus olhos. Assim, com a falta de proteção, as chances de surgirem problemas visuais aumenta em 60%, fora os problemas dermatológicos ocasionados pelo tipo de material que este óculos são fabricados, como já falamos aqui. [...]

Comente você também  

Preencha os campos obrigatórios: Nome e E-mail. Seu e-mail não será exibido publicamente.